Mercado

Vendas de imóveis crescem 49% e volume de lançamentos praticamente dobrou.

Mesmo com o panorama de incertezas, relacionada ao panorama político e a pandemia. A venda de imóveis residenciais cresceram 49% e o volume de lançamentos praticamente dobrou.

No primeiro trimestre ante o período de 2020 houve um repentino aumento principalmente impactado em imóveis de alto padrão e do segmento minha casa minha vida, no Estado de São Paulo.

Um dos fatores curiosamente foi desencadeado pela necessidade das multinacionais, grandes empresas e profissionais liberais, dentre outros estabelecerem na grande maioria a modalidade de Home Office. 

A adaptação também repercutiu na aquisição de um novo imóvel, maior, na maioria das vezes e com pelo menos um aposento a mais, em paralelo a  procura por casas fora das metrópoles e coberturas tiveram um aumento de negociações.

A expectativa do segmento é que o segundo semestre seja ainda mais atraente, com a perspectivas da economia aquecer devido ao número de habitantes vacinados no País e consequentemente a diminuição da velocidade de contaminação do vírus da Covid-19.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *